O conceito de pessoa e as vidas que importam em Peter Singer

  • Juliele Maria Sievers UFAL
Palavras-chave: Peter Singer, Conceito de pessoa, Ética do cuidado, Eva Kittay

Resumo

O presente artigo visa abordar, de maneira crítica, o conceito de pessoa oferecido pelo autor australiano Peter Singer no contexto da bioética, definido em função de sua tese sobre os indicadores de humanidade. De acordo com Singer, certos animais não-humanos possuiriam todos os marcadores de humanidade, podendo ser considerados pessoas, ao passo que certos seres humanos, notadamente aqueles com danos cerebrais ou deficiências cognitivas graves, não seriam pessoas. De modo a oferecer uma alternativa frente à concepção do autor, analisaremos a abordagem feita pela ética do cuidado, “diagnosticada” por Carol Gilligan, em 1982, na obra In a Different Voice. Consideraremos mais especificamente o caso das relações éticas envolvendo pessoas com deficiência cognitiva, segundo a autora Eva Feder Kittay, inspirada no trabalho de Gilligan. Veremos como uma abordagem teórica pautada no contextualismo e na consideração das emoções pode oferecer soluções preferíveis em casos de dilemas morais, diferentemente das soluções, muitas vezes polêmicas, decorrentes da teoria de Singer, pautada em princípios universais, racionalistas e utilitaristas.

Biografia do Autor

Juliele Maria Sievers, UFAL
Atualmente é professora adjunta do curso de Filosofia da Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Possui graduação em Filosofia pela Universidade Federal de Santa Maria-RS (2008) e mestrado em Filosofia (2009) pela mesma instituição. Tem experiência na área de Filosofia, especialmente em estudos sobre as concepções do jusfilósofo Hans Kelsen acerca da relação entre a Lógica e o plano normativo, principalmente o Direito. Obteve um contrato de "Ingénieur d'Etudes" junto ao CNRS (Centre National de Recherche Scientifique) da França, através do Projeto Franco-Alemão "JuriLog" (Théorie du Droit et Logique). Em seguida, trabalhou na Universität Konstanz da Alemanha como Wissenschaftlicher Mitarbeiterin nos anos de 2014/2015. Em julho de 2015 obteve seu diploma de doutorado na Université Charles de Gaulle - Lille 3, com a tese "A Philosophical Reading of Legal Positivism". De dezembro de 2015 à dezembro de 2017 foi pesquisadora de Pós-Doutorado pelo programa PNPD-CAPES junto ao Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal de Santa Maria. Atualmente, é vice-coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Filosofia (Mestrado) da Universidade Federal de Alagoas.
Publicado
2021-03-23
Como Citar
Sievers, J. M. (2021). O conceito de pessoa e as vidas que importam em Peter Singer. Revista Helius, 3(2, fasc. 3), 1637-1658. Recuperado de //helius.uvanet.br/index.php/helius/article/view/163
Seção
Artigos do Dossiê