Ernst Mayr e a história da biologia: críticas e proposta de revisão

  • Alexandre Torres Fonseca UFAL
Palavras-chave: Ernst Mayr, História da Biologia, Pensamento tipológico/populacional, História do essencialismo

Resumo

As contribuições de Ernst Mayr para a biologia evolutiva colocam-no, com razão, em qualquer lista dos maiores biólogos evolucionistas do século XX, tendo feito importantes contribuições para a história da biologia, principalmente, a partir de 1959. Em 1982, publica The growth of biological thought, uma história do pensamento biológico que obteve grande sucesso acadêmico e editorial com 29 edições entre 1982 e 2003. Neste livro ele faz a distinção entre o pensamento tipológico/populacional, distinção fundamental que desempenha um papel importante nos esforços de Mayr para legitimar as ciências históricas naturais, especialmente a disciplina Biologia Evolutiva. Esta história passou a ser criticada por historiadores revisionistas, que propõem uma “nova” história da biologia mais inclusiva. Coincidentemente ou não, esta proposta vem junto com o esforço de legitimação de uma nova disciplina, a Biologia Evolutiva do Desenvolvimento.

Biografia do Autor

Alexandre Torres Fonseca , UFAL
Possui graduação em História pela Universidade Federal de Minas Gerais (1998) e mestrado em História pela Universidade Federal de Minas Gerais (2000). Doutorado em Ciência e Cultura na História, linha de pesquisa História da Ciência. Atualmente é Professor Adjunto III do Instituto de Ciências Humanas, Comunicação e Artes - ICHCA, Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Tem experiência na área de História, com ênfase em História e Filosofia da Ciência, atuando principalmente nos seguintes temas: história da ciência, filosofia da ciência, história da filosofia moderna. É professor do Mestrado em História da UFAL.
Publicado
2021-03-23
Como Citar
Fonseca , A. T. (2021). Ernst Mayr e a história da biologia: críticas e proposta de revisão. Revista Helius, 3(2, fasc. 3), 1440-1480. Recuperado de //helius.uvanet.br/index.php/helius/article/view/214
Seção
Artigos do Dossiê