Uma breve revisão sobre os avanços constitucionais na Biologia Evolutiva: parte II

  • Rogério Parentoni Martins UFC/UNICAMP
  • Cristiane Xerez Barroso UFC
Palavras-chave: Programa de Pesquisa, Biologia Evolutiva, Estrutura Constitucional, Síntese Moderna, Síntese Evolutiva Ampliada, Síntese Integrada

Resumo

Nesta parte II do trabalho, descrevo na Tabela 1 os respectivos construtos contidos em cada uma das sínteses, ressaltando e discutindo aqueles construtos que alguns autores propõem como parte da ampliação do arcabouço teórico da biologia evolutiva. Desse modo, pretendo mostrar que essas propostas de adições construturais ao arcabouço teórico da biologia evolutiva ainda são incipentes para reinvindicar novas sínteses, como tem sido defendido por alguns biólogos evolutivos citados nesse trabalho. Finalmente, em seu presente estado de conhecimento, a Síntese Moderna parece-me satisfatória como estrutura teórica da biologia para o entendimento dos padrões e processos que promovem a evolução biológica. Todavia, como o progresso científico na biologia evolutiva é cumulativo e a elaboração de novos conceitos é necessária para ampliar o conhecimento, os conceitos contidos na Síntese Ampliada e na Síntese Integrada têm o potencial futuro de serem integrados ao arcabouço teórico da biologia evolutiva, à medida que novos estudos os consolidem como fundamentais adições ao conhecimento da biologia evolutiva.

Biografia do Autor

Rogério Parentoni Martins, UFC/UNICAMP
Graduado e licenciado em História Natural pela Universidade Federal de Minas Gerais (1974), mestrado em Ecologia pela Universidade Estadual de Campinas (1980) e doutorado em Ecologia pela Universidade Estadual de Campinas (1991). Pós-doutorado no Departamento de Zoologia da Universidade da Florida, Gainesville. Aposentado pela UFMG onde coordenou por 5 anos o programa de pós graduação em Ecologia, Conservação e Manejo de Vida Silvestre. Atualmente é pesquisador-visitante I CNPq no Departamento de Biologia da Universidade Federal do Ceará, Fortaleza. Foi coordenador de área da CAPES e CNPq. Tem experiência na área de Ecologia e Comportamento, com ênfase em Ecologia Teórica, atuando principalmente nos seguintes temas: filosofia da ecologia, interdisciplinaridade, biodiversidade, educação, desenvolvimento sustentável e conservação.
Cristiane Xerez Barroso, UFC
Graduou-se Bacharel e Licenciada em Ciências Biológicas e doutora em Ciências Marinhas Tropicais, ambos pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Tem experiência nas áreas de Zoologia, Ecologia e Biogeografia marinha, com ênfase em Mollusca. Atualmente é bolsista de pós-doutorado pelo programa PNPD/CAPES.
Publicado
2021-03-23
Como Citar
Martins, R. P., & Barroso, C. X. (2021). Uma breve revisão sobre os avanços constitucionais na Biologia Evolutiva: parte II. Revista Helius, 3(2, fasc. 2), 709-743. Recuperado de //helius.uvanet.br/index.php/helius/article/view/220
Seção
Artigos do Dossiê