Do Cuidado de Si às formas de resistir em Foucault: um retorno ao mundo grego

From the Care of the Self to the forms of resistance in Foucault: a return to the Greek World

  • Tarciano Silva Batista UFRN
  • Regina Paula Silva da Silveira UFRN, SEECT-PB
Palavras-chave: Ética, Cuidado de Si, Resistências, Foucault, Mundo grego

Resumo

Resumo: Neste trabalho, temos como objetivo compreender o conceito de Cuidado de Si a partir da análise da obra A Hermenêutica do Sujeito (1984) de Michel Foucault (1926-1984). Buscaremos entender a perspectiva do autor ao realizar um retorno ao mundo grego, sobretudo ao pensamento socrático-platônico e seus desdobramentos nos helênicos até seu encerramento na cultura cristã e na modernidade. De maneira que, a partir de uma revisão bibliográfica e análise discursiva, seja possível considerar a ética como um tipo de agenciamento que o sujeito faz com o seu próprio viver, num jogo de apropriação do Cuidado de Si. Para tanto, é preciso conceituar a ética como aquela que habita o lugar no qual o sujeito torna-se capaz de conduzir a si mesmo, até mesmo quando isso lhe é negado, trazendo, assim, a necessidade de resistir. Trata-se de conceituar um modo de viver numa relação de si para consigo, ao mesmo tempo que para o outro e para o mundo, no entrecruzamento de saberes e poderes que tornam possíveis o sujeito existir e conduzir sua própria trajetória.
Publicado
2021-11-03
Como Citar
Batista, T. S., & Silveira, R. P. S. da. (2021). Do Cuidado de Si às formas de resistir em Foucault: um retorno ao mundo grego. Revista Helius, 4(1), 245e1-245e32. Recuperado de //helius.uvanet.br/index.php/helius/article/view/245